Bordados Maximalistas

Como vimos no Estilo Dashing e Glam Disco estamos no momento onde o “mais é mais” devido ao start dos desenvolvimentos das coleções de final de ano, e hoje analisamos cada detalhe que atualiza o estilo reluzente das comemorações de fim de ano.

Canutilhos e Miçangas
Os canutilhos e miçangas têm sido presença constante em looks customizados há pelo menos 4 temporadas. Vimos a pedraria pregada aleatoriamente resultando em pontos de luz comportados, como também formando ricos desenhos que mais podiam ser emoldurados.

 

 

Franjas adornadas
A Sensação de movimento também é presente nos looks mais elaborados, e esse dinamismo é bastante notado pelas diferentes propostas de franjas criadas pelos designers, as opções variam entre franjas construídas de uma série de missangas até uma sequência de correntes banhado a ouro.

 

 

Paetê Design
Notamos um update nos paetês que o tirou da convencional variação de tamanhos para novas formas e variação de coloração.

 

 

Bidimensão
Talvez o pico mais alto dos looks maximalistas: estampa + bordado fazem a vez da bidimensão nas roupas de ocasião.

 

 

Cristais
Vimos malhas inteiras de cristais, enquanto outras superfícies foram todas desenhadas por cristais. Notamos também, um Déjà vu de Chatons em Christopher Kane e Prada.

 

Penas e Plumas
Mais uma vez as plumas estiveram bastante presente na pista de moda transgredindo a roupa de ocasião para o day by day, como fez Burberry em sua alfaiataria e Valentino no design Cool de seu Kimono . Penas também foram adotadas nesta temporada e adornaram desde regats como em Dior, e sapatos como os de Dries Van Noten.

 

 

 

Imagens: Vogue.com

“As imagens e fotos são meramente ilustrativas e referenciais da pesquisa apresentada, foram captadas em ambientes públicos e acessíveis a qualquer pessoa e não consiste em violação a direitos autorais ou a propriedade industrial nos termos do art. 46 da Lei 9.610/98. A TREND2/INSP2 não se responsabiliza pela reprodução, divulgação e comercialização dessas fotos e imagens por terceiros, sem a devida autorização.”